Programa Adote um Escoteiro

Você pode fazer a diferença na vida de um jovem

Introdução


Sobre leões e homens


Por: Ricardo Soares

Ao contrário do que o senso comum indica, a maioria das caçadas de um bando de leões resulta em fracasso. Na vida selvagem, mesmo os maiores predadores costumam viver no limiar da fome.

Há um certo consenso de que uma das motivações para o surgimento das primeiras comunidades humanas foi a busca de proteção para essa insegurança alimentar. Naquela época, não havia opções de conservação de alimentos. Logo, se um homem conseguisse coletar grande quantidade de frutas ou caçasse um javali, não havia como estocar tais alimentos para o futuro. Fazia mais sentido dividir o excesso com o grupo, esperando que - em outra oportunidade - ele mesmo fosse beneficiado com o excesso obtido por outros.

Tais comunidades primordiais possuíam um pequeno número de habitantes (entre algumas dezenas e poucas centenas). Todos do grupo se conheciam e o compartilhamento de recursos era "natural".

Com o passar do tempo, as comunidades cresceram. Hoje, milhões de pessoas podem coabitar nas grandes cidades e somos estranhos à esmagadora maioria delas. O compartilhamento de recursos deixou de ser a regra entre os seres humanos. Cada um de nós passa a maior parte do tempo cuidando de si mesmo e dos familiares. A responsabilidade de cuidar dos "outros" (aqueles a quem não conhecemos) foi transferida ao estado.

Os princípios do movimento escoteiro, seu lema "Sempre Alerta" e sua promessa de "ajudar o próximo em toda e qualquer ocasião", trazem de volta à cada indivíduo um pouco da responsabilidade de construir um mundo melhor pela ação individual direta.

Foi nesse contexto que criamos o programa Adote um Escoteiro. Sabemos que o nosso país passa por um momento econômico difícil. Também sabemos que algumas famílias da nossa comunidade se encontram em situação de fragilidade financeira. Mas também sabemos que alguns de nós dispõe um pequeno excedente que pode ser utilizado para diminuir as dificuldades do próximo. Cabe a cada um de nós avaliar se desejamos viver de acordo com os nossos valores primordiais e o quanto da nossa colheita pode ser dividida.

Veja abaixo o regulamento do nosso programa e como você pode participar.

Programa Adote um Escoteiro - Regulamento


O Programa


O que é o programa
O programa Adote um Escoteiro é um programa do Grupo Escoteiro Dom Bosco de incentivo à participação no movimento escoteiro destinado a jovens de famílias que estejam em dificuldades financeiras temporárias ou permanentes.

Como funciona o programa
Os jovens participantes do programa receberão uma ajuda de custo para suportar as despesas inerentes à pratica do escotismo.

Financiamento do programa
O financiamento do programa se dará por meio da doação recebida de pessoas físicas ou jurídicas denominadas padrinhos nesse regulamento.

Utilização dos recursos
Os recursos obtidos pelo programa serão destinados para cobrir prioritariamente as seguintes despesas.
1 - Registro escoteiro anual do jovem participante.
2 - Contribuições mensais ao grupo escoteiro em nome do jovem assistido.
3 - Participação em atividades escoteiras que envolvam custos adicionais.
4 - Aquisição de materiais de uso pessoal do jovem assistido (uniforme escoteiro, materiais de uso pessoal em acampamentos, etc.)

Gestão do Programa


O programa será gerido por uma comissão de gestão subordinada à diretoria do GE Dom Bosco.

Duração do programa
O programa terá duração anual, iniciando seu funcionamento a partir do ano de 2020 e podendo ser renovado anualmente.

Número de jovens atendidos
O número de jovens beneficiados será definido de acordo com os recursos disponíveis.

Beneficiários


Definição
Os beneficiários do programa serão jovens de 6,5 a 21 anos participantes do movimento escoteiro no Grupo Escoteiro Dom Bosco (prioritariamente) ou em outras unidades escoteiras locais (UELs) do distrito escoteiro de Campinas.

Inscrição no programa
A inscrição no programa será feita por meio de formulário de inscrição a ser preenchido pelo pelo jovem (para jovens maiores de 18 anos) ou por seu responsável legal.

Seleção de beneficiados
Os beneficiários serão selecionados por uma comissão de gestão do programa após entrevista sigilosa com o requisitante. Uma família poderá inscrever mais de um jovem no programa, mas o objetivo do programa é atender ao maior número possível de famílias.

Contrapartidas exigidas dos beneficiários
Dos beneficiários serão exigidas as seguintes contrapartidas:
1 - Participação em 80% das atividades escoteiras promovidas durante o ano, verificada por meio do sistema Paxtu da União dos Escoteiros do Brasil.
2 - O pagamento equivalente a 10% dos custos das atividades em que o jovem participar.

Sobre o sigilo acerca dos beneficiados
Não serão divulgados os nomes dos jovens do programa para evitar qualquer tipo de constrangimento aos jovens participantes ou as suas famílias.

Padrinhos


Quem são os padrinhos
Os padrinhos serão pessoas físicas ou jurídicas inscritas no programa Adote Um Escoteiro por meio de formulário de inscrição.

Frequência de contribuição
Os padrinhos contribuirão com o programa de forma recorrente (preferencialmente) ou por meio de contribuições avulsas.

Valor da contribuição
O valor de referência para a contribuição é de R$50,00/mês (cinquenta reais mensais).

Valor total das contribuições
Cada padrinho poderá contribuir para o suporte de quantos jovens desejar, conforme definido no formulário de inscrição.

Prazo de participação
A participação no programa poderá ser interrompida a qualquer tempo, mas solicitamos aos padrinhos o esforço máximo para a participação durante um ano completo, para evitar a interrupção do auxílio aos jovens atendidos no meio de um período de atividades. Os padrinhos se comprometerão a avisar com 30 dias de antecedência em caso de interrupção da sua participação.

Sobre a escolha dos beneficiados
Aos padrinhos não será dada a escolha de quais participantes serão suportados com as suas contribuições.

Divulgação
Os padrinhos participantes do programa terão, se assim desejarem, seus nomes divulgados no site do grupo escoteiro Dom Bosco, bem como nos relatórios de prestação de contas do programa.

Gestão do programa


O programa será gerido por uma comissão gestora de três participantes que responderá à diretoria do Grupo Escoteiro Dom Bosco.

Atribuições da comissão
Serão atribuições da comissão de gestão e seus membros.
1 - Manter o rigoroso sigilo dos beneficiários do programa.
2 - Responder à diretoria do Grupo Escoteiro sempre que solicitada a prestar esclarecimento sobre o programa.
3 - Fazer entrevistas com os interessados em participar do programa como beneficiários (ou seus responsáveis).
4 - Após o período de entrevistas, elaborar um relatório de prioridades para participação.
5 - Acompanhar o andamento do programa e fazer sugestões de melhoria.
6 - Elaborar relatórios para a divulgação dos resultados para a comunidade, sempre resguardando o sigilo sobre os nomes dos beneficiários escolhidos.

Composição da comissão
A comissão será composta por dois participantes indicados pelos associados do Grupo Escoteiro Dom Bosco e um participante indicado pela diretoria do grupo, que terávoto minerva nas decisões da comissão.

Controle do programa


Auditoria financeira
A auditoria financeira dos recursos recebidos e utilizados no programa Adote um Escoteiro será feita pela comissão fiscal do Grupo Escoteiro Dom Bosco, eleita em assembléia.

Prestação de contas para a comunidade
A diretoria do grupo escoteiro do grupo Dom Bosco divulgará prestações de contas para toda comunidade com periodicidade nunca inferior a 6 meses indicando:
1) Resumo dos recursos financeiros recebidos
2) Resumo dos recursos utilizados
3) Destinação dos recursos utilizados
4) Número de jovens beneficiados
5) Número de padrinhos participantes e os nomes daqueles que assim desejarem.
6) Parecer da comissão fiscal sobre as contas do programa

Situações e casos omissos


Situações não previstas nesse regulamento serão tratadas da melhor forma possível pela diretoria do Grupo Escoteiro Dom Bosco, cabendo exclusivamente a ela as definições necessárias ao bom funcionamento do programa, com a colaboração e orientação da comissão de gestão do programa e da comissão fiscal do Grupo Escoteiro Dom Bosco.

Cronograma do Programa


O funcionamento do programa obedecerá ao seguinte cronograma:
Outubro/2019: Apresentação do programa à comunidade.
Novembro/2019: Inscrição dos interessados em participar.
Dezembro/2019: Seleção dos beneficiados.
Janeiro/2020: Início da operação


Opinião

O que você achou?

Deixe sua opinião, é importante para melhorarmos ainda mais.


Regulamento do Programa Adote Um Escoteiro

0

Classificação 5 / 3 votos

Deixe seu voto para nós